Entre em Contato
Instagram
Facebook
Download Folder
VOLTAR
BLOG
Exercício físico: ótimo aliado contra o câncer

Nas últimas duas décadas, tornou-se claro que a atividade física e a dieta desempenham um papel importante na prevenção e controle do câncer. Há um crescente número de evidências sugerindo que o exercício diminui o risco de muitos tipos de câncer, e de que o mesmo pode prolongar a sobrevida para pacientes em segmento de neoplasia de mama e de cólon. E estudos têm demonstrado que os desafios psicológicos enfrentados por sobreviventes de câncer podem ser prevenidos, atenuados, tratados ou reabilitados por meio do exercício.

Sobreviventes de câncer tipicamente apresentam uma alta incidência de comorbidades – e um risco aumentado de morte por problemas cardiovasculares. Além disso, são 14% mais propensos do que a população em geral a desenvolver uma nova neoplasia primária.  A obesidade pode agravar ainda mais esses riscos, pois os sobreviventes acima do peso estão mais sujeitos a desenvolver doenças associadas à adiposidade, como doenças cardiovasculares, diabetes, osteoartrite e declínio funcional geral.

Um estudo publicado no Obesity Journal em novembro de 2017 concluiu que, entre homens com sobrepeso e obesidade, uma maior capacidade cardiorrespiratória representa uma menor mortalidade por neoplasias.

Atualmente, são propostos quatro efeitos do exercício sobre o câncer:

1 - Alterações na vascularização e perfusão sanguínea: os tumores geralmente têm um suprimento sanguíneo anormal com um sistema vascular desorganizado, o que prejudica o transporte de oxigênio e de drogas. Vários estudos mostraram que as intervenções de exercícios aumentam a perfusão intratumoral em câncer de mama, de próstata e linfoma.

2 – Função imune: o sistema imunológico inato compreende a primeira linha de defesa contra novos tumores e o exercício tem um efeito regulatório direto sobre as concentrações sistêmicas de células imunes. Um aumento no número de células Natural Killer (NK) é uma característica imunológica fundamental do exercício em seres humanos. Estudos mostraram que durante o exercício agudo, o número de células NK aumenta em 50% a 500%. Dado os avanços recentes da imunoterapia em câncer, o exercício poderia potencialmente desempenhar um papel no condicionamento da resposta ao tratamento.

3 - Metabolismo tumoral: o metabolismo celular alterado é uma marca distinta do câncer caracterizado pelo metabolismo anaeróbio lático acelerado, com consumo elevado de glicose e produção de lactato mesmo na presença de suprimento suficiente de oxigênio. Este é um fenômeno comum na maioria das neoplasias. O exercício pode alterar o metabolismo celular de anaeróbio para aeróbio sendo um meio eficiente para controlar o crescimento tumoral.

Além disso, o exercício pode regular a secreção de vários hormônios, como epinefrina, norepinefrina, glucagon e insulina, e controlar o metabolismo do corpo todo através de alterações no metabolismo de glicose, lipídios e aminoácidos.

 

4 - Sinalização cruzada entre músculo e câncer: o músculo esquelético é hoje reconhecido como um órgão endócrino, que secreta peptideos conhecidos como miocinas durante a contração muscular, entre elas podemos citar a Oncostatina M. A importância das miocinas no controle do crescimento tumoral é apoiada por estudos mostrando que indivíduos que praticam exercícios podem inibir o crescimento de células cancerosas in vitro.

Além destes benefícios, o exercício físico pode ser utilizado para auxiliar a melhorar a capacidade aeróbica e pulmonar pré-cirúrgica, ou aumentar a recuperação pós-operatória. Os pacientes em seguimento podem se beneficiar com a prática de exercício físico tanto para o controle de doenças crônicas como para conseguir um melhor controle dos efeitos tardios da quimioterapia, melhorando assim sua qualidade de vida.

Se você está em tratamento de alguma neoplasia, consulte sempre seu oncologista e um médico do esporte para avaliar possíveis limitações e contraindicações antes de iniciar a prática de atividades físicas. Junto com um educador físico, eles podem traçar o plano de exercícios mais adequado para o seu caso.

UNIDADE IBIRAPUERA
Av. Brigadeiro Luís Antônio, 4615 Jardins - São Paulo - SP - CEP: 01401-002
Telefone: (11) 3050-5570
Horário de funcionamento:
6h às 22h e sábado: 7h às 13h
(11) 94325-3234
UNIDADE IPANEMA
Rua Prudente de Moraes, 1.788 Ipanema - Rio de Janeiro
Telefone: (21) 3875-0812
Horário de funcionamento:
6h às 22h e sábado 7h às 13h
(21) 99819-8489
UNIDADE ITAIM
Rua Dr. Alceu de Campos Rodrigues, 341 Itaim Bibi - SP - CEP: 04544-000
Telefone: (11) 3050-5571
Horário de funcionamento:
2ª à 5ª - 6h às 22h, 6ª - 6h às 21h e sábado: 7h às 13h
(11) 94309-8377
UNIDADE PIRACICABA
Av. Torquato da Silva Leitão, 393 São Dimas - Piracicaba
Telefone: (19) 3375-2400
Horário de funcionamento:
7h às 20h e sábado 7h às 13h
(19) 99666-2400
UNIDADE PORTO ALEGRE
(Watt House) Rua Dona Laura, 570 Rio Branco - Porto Alegre/RS
Telefone: (51) 2103-9576
Horário de funcionamento:
7h às 20h e sábado 7h às 13h
(51) 99245-3163
UNIDADE RECIFE
Rua Amazonas, 211 Academia Unic Boa Viagem - Recife
Telefone: (81) 3326-3661
Horário de funcionamento:
7h às 22h e sábado 7h às 13h

A Care Club é uma Clínica de Medicina Esportiva que possui um conceito único e inovador, desenvolvido para proporcionar qualidade de vida aos pacientes.
Cadastre seu e-mail em nosso newsletter