Entre em Contato
Instagram
Facebook
Download Folder
VOLTAR
BLOG
Lesão no ligamento cruzado anterior: conheça as causas e tratamentos

Daniel Alves está fora da Copa da Rússia. Na semana passada, a fatídica notícia teve repercussão internacional. Segundo nota oficial da CBF, foi confirmado o diagnóstico inicial de lesão do ligamento cruzado anterior, com necessidade de tratamento cirúrgico.

O caso do lateral-direito da seleção não foi o primeiro e nem deve ser o último, já que se trata de uma lesão de difícil prevenção. “O ligamento cruzado anterior (LCA) é o mais lesado no joelho e o problema ocorre mais frequentemente através da entorse do joelho em um movimento rotacional”, afirma o ortopedista da CareClub Marcelo Bonadio, especialista em cirurgia do joelho. Por isso a lesão é mais frequente em esportes com mudanças de direções, como o futebol, o basquete e o ski. E uma vez que você teve o problema, são grandes as chances de ele se repetir. “A lesão gera uma maior instabilidade do joelho, que fica mais suscetível a novas entorses e lesões de outras estruturas como os meniscos e cartilagem.”

O tratamento pode ser com um trabalho de fortalecimento e melhora da estabilização, mas, na maioria das vezes, há indicação de uma cirurgia para reconstrução do ligamento. “Mas a cirurgia é apenas o primeiro passo para o retorno às atividades esportivas, sendo essencial uma reabilitação que vise não somente uma recuperação após a cirurgia, mas principalmente o retorno da força e controle”, explica Marcelo. Como aqueles que já sofreram a lesão são mais suscetíveis a novas lesões, eles devem fazer um intenso trabalho junto a uma equipe de fisioterapia e educadores físicos, buscando a recuperação do desempenho esportivo e prevenção de novas lesões.

O retorno ao esporte ocorrerá quando as funções e o controle motor estiverem adequados. “Não existe um tempo exato para isso ocorrer e o mais importante é voltar com segurança, após uma boa avaliação”, diz Marcelo. A única maneira de tentar prevenir a lesão é com exercícios específicos para melhorar a força e o controle dos membros inferiores, com ênfase em movimentos de rotação e angulações do joelho. “A cirurgia devolve a anatomia do joelho, mas é fundamental retomar as capacidades funcionais dele e reintegrá-lo aos movimentos e demandas do atleta”, afirma Renan Malvestio, coordenador geral da equipe de fisioterapia da CareClub. “Então, aqui na Care, nós cuidamos de todo o processo: analgesia, mobilidade, ativação muscular e, por fim, a reeducação funcional que trabalha postura e movimentos. Assim, o paciente pode reestabelecer o padrão de movimento correto e evitar lesões que poderiam surgir por causa de pequenos desvios de movimento.”

Ficou com alguma dúvida em relação ao tema? Nosso ortopedista Marcelo Bonadio se coloca à disposição para esclarecê-la!

Unidade Ibirapuera
Av. Brigadeiro Luís Antônio, 4615 Jardins
São Paulo – SP – CEP: 01401-002
Telefone: 11-30505570
Horário de funcionamento: 6h às 22h e sábado: 7h às 13h
Unidade Itaim
Rua Dr. Alceu de Campos Rodrigues, 341 Itaim Bibi
São Paulo – SP – CEP: 04544-000
Telefone: 11-30505571
Horário de funcionamento: 6h às 22h e sábado: 7h às 13h
Unidade Recife
Rua Amazonas, 211
Academia Unic Boa Viagem - Recife
Telefone: 81-3326-3661
Horário de funcionamento: 7h às 22h e sábado 7h às 13h
A Care Club é uma Clínica de Medicina Esportiva que possui um conceito único e inovador, desenvolvido para proporcionar qualidade de vida aos pacientes.
Cadastre seu e-mail em nosso newsletter